O Frio e os Sintomas
da DVC


O tempo frio é aliado no combate aos sintomas da DVC.

1 de julho de 2019

O tempo frio, que é raro em um país tropical como o nosso, poder contribuir para um maior bem-estar e conforto de quem possui doença venosa crônica (DVC). As baixas temperaturas reduzem o inchaço e os edemas nos membros inferiores pois ajudam na contração das veias e vasos, melhorando a circulação sanguínea venosa.

Apesar do frio ser um aliado na diminuição dos sintomas da DVC, ele pode trazer alguns problemas: o ressecamento da pele, o descuido com a saúde, a diminuição nas práticas esportivas e o consumo de alimentos mais calóricos. Ou seja, é preciso ficar atenta a esse período para cuidar mais da saúde e ter qualidade de vida em todas as estações do ano. Confira algumas dicas e informações sobre o inverno e sobre como se cuidar nesse período do ano.

Por que há menos incômodo nas pernas durante o frio?

Embora o frio exija um pouco mais da circulação sanguínea, porque precisa manter a temperatura corporal fazendo circular mais sangue, especialmente nas extremidades, ele é um aliado no que diz respeito à contração das veias e vasos, o que ajuda na circulação venosa – a que retorna ao coração. Por isso, duchas de água fria são indicadas no fim do dia para quem sofre com a DVC. Apesar disso, evite se expor a temperaturas muito baixas sem estar agasalhada e protegida, porque o frio pode agravar sintomas relacionados a outras doenças.

Roupas mais confortáveis e menos justas

Esqueça as roupas de verão, como shorts e vestidos justos. Durante o inverno, nós costumamos usar peças mais confortáveis e menos justas, o que garante ainda mais bem-estar, especialmente para quem sofre com inchaço e dor nas pernas. As meias de compressão, devidamente indicadas pelo médico, também são mais confortáveis de usar nas épocas mais frias – elas garantem uma compressão adequada nos membros inferiores para auxiliar na circulação do sangue, facilitando o retorno venoso.

Melhor época para tratar do problema

O frio é também, a melhor época do ano para tratar da doença venosa crônica com a realização de tratamentos e procedimentos cirúrgicos, pois normalmente nos expomos menos ao sol. Boa época para intensificar os cuidados da aparência e da saúde das pernas para as próximas estações.

Os perigos de se descuidar da saúde no inverno

Não é só porque estamos no inverno que devemos descuidar da saúde das pernas. Infelizmente, as estações mais frias podem aumentar o ressecamento da pele, o consumo de alimentos calóricos e gordurosos e costumam ser aquelas que estamos com mais preguiça, ou seja, deixamos as atividades físicas de lado: um comportamento extremamente prejudicial para quem sofre com a DVC.

Veja alguns cuidados extras que devemos ter no inverno para ter mais qualidade de vida nessa época do ano:

  • Não se esqueça de beber bastante água;
  • Invista nos chás quentes e aromáticos (sem açúcar);
  • Hidrate bem as pernas com um creme revitalizante;
  • Não pare com as atividades físicas;
  • Evite se alimentar com comidas gordurosas;

O frio pode até ser um aliado no alívio dos sintomas da DVC, mas, não se descuide! É muito importante ficar atenta à saúde em qualquer época do ano. Cuide de si mesma e compartilhe essas dicas com quem precisa.

Últimas Publicações

Quais são os principais cuidados com a alimentação para melhorar a circulação e evitar inchaço e dores nas pernas?

Os benefícios terapêuticos da massagem.