Porque a pele da pessoa com diabetes sofre mais com o ressecamento?

17 de junho de 2020

O diabetes mellitus é uma doença metabólica, que predispõe a várias alterações em vários órgãos. Um dos órgãos que mais sofre com a sobrecarga de glicose na circulação é a pele. E, com isso, o paciente com diabetes se torna mais vulnerável e sensível a uma série de complicações, entre elas o ressecamento da pele, podendo estar exposto a ação de bactérias, fungos e vírus, além da predisposição a formação de fissuras e úlceras. 1,2

A sensibilidade da pele, ocorre pela Neuropatia diabética, esta afeta o sistema nervoso autônomo que faz com que a pele tenha uma menor produção de suor e sebo, deixando-a cada vez mais ressecada. Além disso, a desidratação da pele também é agravada por que pessoas com diabetes urinam mais vezes ao dia para eliminar o excesso de glicose no sangue, o que também colabora com o ressecamento. 3

 

Quais os cuidados especiais para a pele da pessoa com diabetes?

Alguns cuidados devem ser tomados pelo paciente com diabetes para evitar que a pele sofra e tenha riscos de formação de fissuras e em caso mais graves, a formação de úlceras. A principal delas é a hidratação constante da pele com cremes hidratantes e a visita regular ao médico. 1,2

Estes cuidados vão em concordância com as diretrizes da Associação Americana de Diabetes, que diz que além de se preocupar com a dieta e com os exercícios, a recomendação também é cuidar da pele com o uso de hidratantes, pois a fragilidade de peles ressecadas pode facilitar o desenvolvimento de fissuras e ulcerações. Entretanto, os produtos utilizados não devem deixar a pele úmida, pois podem levar a um maior risco de infecção por fungos. 2,4,5

 

Qual é o creme hidratante ideal para a pessoa com diabetes?

Conforme recomendação da dermatologista Dra Renata Bertino (CRM: 52 79577-1), o hidratante ideal para a pele da pessoa com diabetes é aquele que promove uma hidratação intensa e prolongada, fornecendo um alívio no ressecamento. Outra característica essencial é que ele tenha toque seco com uma absorção imediata sem deixar os pés úmidos e escorregadios, para que não deslizem nos sapatos e não deixem a região úmida, principalmente entre os dedos do pé, evitando a proliferação de fungos e o aparecimento de micoses.  4,6

Um outro fator muito importante, é estar atento a quantidade de ureia. Para a pele da pessoa com diabetes, a concentração de ureia nas formulações deve ser nula ou baixa! Isto porque, a ureia em alta quantidade na pele pode causar irritação ou um efeito de “esfoliação”, podendo causar danos a uma pele já ressecada e fragilizada. 4,6

Material baseado na experiência clínica da dermatologista Dra. Renata Bertino (CRM-RJ: 52 79577-1).

 

 

 

 

Cedraflon® promove hidratação na medida certa com a concentração ideal de ureia (<1%)**, não oferecendo risco de esfoliar a pele da pessoa com diabetes, além de proporcionar hidratação intensa e prolongada por 8 horas e toque seco com absorção imediata, sem deixar os pés úmidos. 7-10

** conforme formulação do produto

 

 

 

 

 

Referências:
1 – Sociedade Brasileira de Diabetes. Manifestações dermatológicas do diabetes. Disponível em: https://ebook.diabetes.org.br/component/k2/45-manifestacoes-dermatologicas-do-diabetes. Acessado em: 29/05/2020.
2 – Ministério da Saúde. Diabetes: Sintomas, Causas e Tratamentos. Disponível em: https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/diabetes. Acessado em: 30/05/2020.
3 – Minha Vida. Pele do diabético: hidratação e cuidados essenciais. Disponível em: https://www.minhavida.com.br/saude/materias/18198-pele-do-diabetico hidratação-e-cuidados-essenciais. Acessado em: 30/05/2020.
4 – American Diabetes Association. Skin complication. Disponível em: https://www.diabetes.org/diabetes/complications/skin-complications. Acessado em: 29/05/2020.
5 – https://my.clevelandclinic.org/health/diseases/9492-diabetesfoot–skinrelated-complications. Acessado em: 30/05/2020.
6- Sociedade Brasileira de Diabetes. Quem tem diabetes precisa ter cuidados especiais com a pele. Disponível em: https://www.diabetes.org.br/publico/ultimas/50-quem-tem-diabete-precisa-ter-cuidados-especiais-com-a-pele-saiba-quais-sao. Acessado em: 29/05/2020.
7 – Embalagem do produto.
8 – INSTITUT D’EXPERTISE CLINIQUE (IEC). Clinical study for the evaluation of the moisturizing effect of a cosmetic investigational product, after a single cutaneous application in the adult subject. 2016. França.
9 – https://www.truthinaging.com/ingredients/biosaccharidegum-1. Acessado em: 30/05/2020.
10 – DOSSIÊ TOXICOLÓGICO – CREME CEDRAFLON – Laboratórios Servier.

 

 

Últimas Publicações

Varizes x Pele Ressecada: Qual a relação?

Porque a pele da pessoa com diabetes sofre mais com o ressecamento?